Com estreia morna, A Lei do Amor divide opiniões nas redes sociais

20161003215249571870e
Helô e Pedro são interpretados por Isabelle Drummond e Chay Suede na primeira fase da novela. (Foto: TV Globo/Reprodução)

Marcada pela morte inesperada de seu ator principal, Domingos Montagner, e por uma maneira incomum de contar histórias (a câmera subjetiva utilizada para substituir Montagner é exemplo do processo criativo da novela), Velho Chico, novela da Globo que chegou ao fim na última sexta-feira, deixou uma lacuna maior que apenas a de horário. A lei do amor, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, que estreou nesta segunda-feira (3), tem a difícil missão de substituir a trama de Benedito Ruy Barbosa.

O primeiro episódio da novela é um prólogo – começa em 1995 na cidade fictícia de São Dimas, no interior de São Paulo. Helô (Isabelle Drummond) está pescando quando Ciro e Hércules, irmãos de Pedro, a derrubam da canoa e Pedro (Chay Suede) a ajuda. Helô, no entanto, corre ao descobrir quem ele é: filho de Fausto Leitão (Tarcísio Meira), dono da tecelagem da cidade e ex-patrão de Jorge, pai de Helô. Após a demissão, a família de Helô teve que se mudar para um barraco, e, com a mãe doente e o pai álcoolatra, a jovem é a responsável por alimentar a família. O romance Romeu e Julieta começa a dar o ar da graça quando Pedro ignora os desejos do pai e vai atrás de Helô, convidando-a para a quermesse, onde eles se beijam pela primeira vez.

Enquanto a filha vive o início de uma história de amor, Jorge, inconformado com a demissão, consegue entrar escondido na Tecelagem Costa Leitão munido de uma arma de brinquedo. A situação foge de controle, e, após fazer uma réfem, ele acaba preso pelos seguranças da empresa. Helô tem o primeiro encontro com o ex-chefe do pai, ao aparecer no escritório de Fausto e implorar de joelhos que ele retire a queixa contra Jorge. Ela apela também para Magnólia (Vera Holtz), esposa de Fausto, mas Jorge morre durante um motim antes que algo possa ser feito.

O romance de Helô e Pedro, mote principal da novela, vai durar pouco: eles serão separados nos episódios seguintes e reunidos após 20 anos. Cláudia Abreu e Reynaldo Gianecchini interpretam o casal na segunda fase da novela. Apesar de não empolgar e despertar opiniões contraditórias entre o público, a estreia da novela cumpre seu papel, apresentando os dramas dos personagens da maneira mais rápida possível – resta saber se o drama de Helô e Pedro será o suficiente para segurar os espectadores nos capítulos seguintes. A lei do amor tem direção artística de Denise Saraceni e será exibida de segunda a sábado, na faixa das 21h.

Confira a repercussão nas redes sociais:

Abertura é ok #ALeiDoAmor

— Bruno (@BrunoEngel) 4 de outubro de 2016

Porque todo novela agora tem que ter primeira fase, segunda fase… nona fase ? #ALeiDoAmor

— Talita Lima (@Taliliima) 4 de outubro de 2016

essa abertura parece comercial da natura #aleidoamor

— %u3164 (@drwsorry) 4 de outubro de 2016

Isso sim é um casal protagonista de verdade de horário nobre! Linda sintonia! #ALeidoAmor

— Daniel Luís de Souza (@DanSouza1988) 4 de outubro de 2016

Nossa, que linda essa novela. Não via a hora de Velho Chico acabar. #ALeiDoAmor

— #MANDOWN! (@ItsManDown) 4 de outubro de 2016

cenão irreal mas a gente perdoa #ALeiDoAmor

— vivi (@queromeuquindim) 4 de outubro de 2016

#ALeiDoAmor gente que coisa mais tosca foi isso. Eu hein..

— Ali Adell Marques (@AdellHemmje) 4 de outubro de 2016

Não vou mentir, eu to amando #ALeiDoAmor !!!

— #HappyBirthdayLeigh (@Cologne1D) 4 de outubro de 2016

Como é? Os pais estão morrendo de fome em casa e a filha está brincando de Jackie velejando com o Kennedy em Martha’s Vineyard? #ALeiDoAmor

— Odete Roitman (@_OdeteRoitman_) 4 de outubro de 2016

Não tem como uma novela das nove ser ágil em todos os capítulos. Se quiser agilidade vá ver série ou minissérie#ALeiDoAmor

— Anna (@AnnaDisse) 4 de outubro de 2016

Não fosse pela qualidade da produção, diria que #ALeiDoAmor é uma novela do SBT.

— José Gayegos (@GAYEGOS) 4 de outubro de 2016