Governo

DOMINGO, 25 DE FEVEREIRO DE 2018 | |

Princesa Isabel, PB

Portal Nordeste1 no FacebookPortal Nordeste1 no TwitterPortal Nordeste1 no Google PlusFale conosco
Publicado em 30/01/2018 às 10:28:02

Depoimento: Warley confirma assalto e diz que estava embriagado

2698_naom_5a705687a575c.jpg

O ex-jogador Warley, que passou pela seleção brasileira e defendeu clubes como Grêmio, Palmeiras e São Paulo, deu um depoimento à Polícia Civil nesta segunda-feira (29) sobre o assalto sofrido por ele na madrugada da última sexta-feira (26). O ex-atacante recebeu três facadas nas costas, teve o pulmão perfurado e precisou passar por duas cirurgias.

De acordo com o delegado Diogo Garcia, que investiga o caso ocorrido em João Pessoa (PB), Warley confirmou o assalto e admitiu que estava embriagado.

"Warley se encontrava bebendo com alguns amigos, quando, por volta das 3h40, decidiu ir para casa. Ali no bairro de Manaíra, devido a seu estado de embriaguez, ele parou o veículo por alguma razão e uma pessoa entrou no seu carro, pegou o seu celular, ou seja, tomou o seu celular", disse Garcia, segundo o Globoesporte.com.

"Foi nesse momento que essa pessoa (o assaltante) partiu para cima dele e lhe atingiu com os (três) golpes de uma arma branca, que ainda não identificamos" acrescentou o delegado, que ouviu Warley no Hospital Nossa Senhora das Neves, na capital paraibana.

A investigação deve ser concluída nos próximos dias. Warley, que atualmente é gerente de futebol do Botafogo-PB, deve receber alta médica em algumas semanas.

Redação NE1 com G1 e Jéssika Pereira

Deixe seu comentário