Lider

SEGUNDA, 20 DE NOVEMBRO DE 2017 | |

Princesa Isabel, PB

Portal Nordeste1 no FacebookPortal Nordeste1 no TwitterPortal Nordeste1 no Google PlusFale conosco
Publicado em 12/09/2017 às 08:51:04

Paraibano que vive na Flórida contou sua experiência com Furacão Irma

572_whatsapp-image-2017-09-11-at-17.54.17.jpeg

O paraibano Igor Alberto, de 28 anos, que vive há quase dois anos em Orlando, Flórida, contou na tarde desta segunda-feira (11) como foi a experiência de ter vivido de perto a passagem do furacão Irma pela região onde mora.

Alberto disse que está sem energia elétrica, estão com dificuldade de acesso à Internet, os ventos chegaram a cerca de 112,7 km/h, mas que o furacão não foi tão forte na cidade como em outros locais e que a polícia do condado de Orange alerta para que as pessoas não saiam de onde estejam depois das 18h. No estado americano, quatro milhões de pessoas estão sem luz e 6,3 milhões de pessoas tiveram que ser evacuadas.

 "A gente esperava que ele (o furacão Irma) chegasse aqui em Orlando com a mesma intensidade que chegou Miami, mas ele perdeu força. [...] Não deu pra arrastar casa e nem inundar ruas como em Miami. Acordamos hoje (11) de manhã, mas não tinha uma poça, um alagamento, mesmo tendo chovido muito" disse o paraibano.

Ele conta que ainda estão sem energia elétrica e desde ontem não saiu do condomínio em Windermere, mas também que há outras parte de Orlando onde há luz. "Acredito que as lojas já vão abrir amanhã. Por aqui foi tranquilo", concluiu.

Foto de capa: (Igor Alberto/Arquivo pessoal)

Redação NE1 com G1

Deixe seu comentário