Governo

SEGUNDA, 20 DE NOVEMBRO DE 2017 | |

Princesa Isabel, PB

Portal Nordeste1 no FacebookPortal Nordeste1 no TwitterPortal Nordeste1 no Google PlusFale conosco
Publicado em 13/09/2017 às 08:45:06

Deputado afirma estar pronto para enfrentar qualquer desafio designado pelo PMDB

597_RANIERY-556x417.jpg

O deputado estadual Raniery Paulino agradeceu ao vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Jr pela indicação do nome dele para compor a vice-governadoria na chapa de Luciano Cartaxo nas eleições de 2018. O deputado se disse pronto para enfrentar qualquer desafio designado pelo seu partido, o PMDB.

Contudo ressaltou a imprensa que qualquer consideração que fizesse sobre essa possibilidade enfraqueceria a sua tese da candidatura própria do PMDB, a qual já tem a simpatia de todos os partidários.

Disse ainda que o partido tem um bom plantel, mas vê o nome de Maranhão como agregador tanto internamente quanto a outras forças políticas, que têm de forma explícita se congratulando com essa possível postulação do senador ao governo da Paraíba.

 "É nesse sentimento que eu estou imbuído e digo que a minha tese tem ganhando muita força internamente e o nome forte para postular o governo do Estado é do senador José Maranhão. Ele é a pessoa que traz estabilidade todo esse momento em que estamos vivendo", disse.

Sobre a tentativa de provocar um racha entre o PSD e o PMDB atribuída ao governador Ricardo Coutinho, o deputado disse que isso faz parte do jogo político e que cada força política quer se acoplar ou dividir outras forças.

"O que eu tenho dito é para que as alianças sejam feitas no campo dos programas, que ela sejam programáticas e não pragmáticas. Essa deve ser a tônica das alianças político-partidárias. Eu não subestimo nenhuma candidatura, para mim, todas elas são forte", avaliou.

Para o deputado a postulação do prefeito Cartaxo em se concretizando é importante porque qualifica o debate, assim como a do secretário João Azevedo, se for até o fim, da mesma forma a de José Maranhão, o qual considera o político com a maior história de benfeitorias, no que é mais essencial a vida, que é a água.

"É importante que os partidos tenham suas candidaturas. Eu digo sem medo de errar que a maior dificuldade que o PMDB passa é pela ausência de candidatura a presidente da república porque está sempre se agregando a outros projetos, o que é ruim para o partido, por isso eu defendo a candidatura própria", enfatizou.

Deixe seu comentário