Propósito de Deus

Aceitando a vontade e plano de Deus estamos diante de decisões difíceis neste mundo pecaminoso e confuso. “Qual é a vontade de Deus para minha vida?”, perguntou o rapaz, chorando. “Devo deixar minha esposa, que não vai à igreja comigo, ou devo ficar com ela e ser espiritualmente arrastado?”, ele ignora os conselhos de seu pastor e deixa a esposa, dizendo: “nunca senti tanta paz”.

As pessoas muitas vezes tomam decisões sobre a vontade de Deus com base em sentimentos, não em fatos. Embora os sentimentos sejam importantes, são os fatos encontrados na Bíblia, não nossos sentimentos, que precisam ser o árbitro final de decisões importantes em nossa vida. Enquanto estiver lendo esta seção do esboço, você verá que Deus torna conhecida sua vontade à humanidade por meio da sua palavra. Ele fala diretamente com as pessoas ou as instrui por meio de seus mensageiros designados.

O Dr. Bill Bright disse na primeira de suas “Quatro Leis” espirituais que Deus oferece um plano maravilhoso para sua vida. Encontramos esse plano enquanto confiamos que um Deus soberano nos capacitará  para desempenhar um papel em seu plano geral de salvar o mundo do poder do pecado.  Você fará sua parte para ser um agente de Deus, promovendo mudanças positivas em um mundo negativo?

Deus cumpre suas promessas

Certo domingo, no caminho para igreja, um pregador se encontrou com um diácono: “que manhã terrivelmente fria”, o diácono observou. “Sinto muito que o tempo esteja tão gelado”. Sorrindo, o pastor replicou: “Agora mesmo eu agradeci a Deus por cumprir sua palavra”. “O que você quer dizer?”, o diácono perguntou, demonstrando estranheza. O pregador respondeu: “Bem, há mais de três mil anos, Deus prometeu que frio e calor não cessariam, por isso me sinto fortalecido por este tempo, que enfatiza a certeza das promessas de Deus”.

Que as estações nos lembre, que servimos a Deus, que providencialmente cumpre suas promessas.