O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta terça-feira (27).

O país registrou 530 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 157.981 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 442, a menor marca desde o dia 6 de maio, quando estava em 437. É a primeira vez desde então que essa média fica abaixo de 450. A variação foi de -11% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nas mortes por Covid, ou seja, quando não houve aumento ou queda significativa no período.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 5.440.903 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 29.353 desses confirmados no último dia. A média móvel de novos casos nos últimos 7 dias foi de 23.727 por dia, uma variação de +19% em relação aos casos registrados em 14 dias. Ou seja, volta a indicar aumento após 7 dias em estabilidade.

Quatro estados apresentam indicativo de alta de mortes: Amazonas, Amapá, Ceará e Pernambuco. Outros onze estados têm curvas que apontam queda.

Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. No AP, por exemplo, a média estava em 1 permaneceu em 1 no período de duas semanas, resultando em uma variação de +50%. No AM, que teve a maior variação (+74%), o número saltou de 9 para 16 mortes por dia. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Brasil, 27 de outubro
Total de mortes: 157.981
Registro de mortes em 24 horas: 530
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 442 por dia (variação em 14 dias: -11%)
Total de casos confirmados: 5.440.903
Registro de casos confirmados em 24 horas: 29.353
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 23.727 por dia (variação em 14 dias: +19%)
(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 157.451 mortes e 5.411.932 casos; e às 13h, com 157.528 mortes e 5.415.671 casos confirmados.)

G1