O jovem prefeito de Bananeiras, Matheus Bezerra (MDB), concedeu entrevista na manhã desta segunda-feira (1) ao jornal da Correio da Manhã, apresentado por Lindomarques Silva e Wilton Moura. Durante a entrevista, Matheus destacou as principais ações dos primeiros 30 dias de administração e como encontrou os órgãos públicos.

Na primeira parte do programa, Matheus falou sobre o IDEB abaixo da média e afirmou que encontrou as escolas do município sucateadas. “Encontramos as escolas sucateadas. Nosso pessoal ao chegar em alguns prédios não se via nem a cor do chão que estava coberto com fezes de morcego. Além de tudo, nosso IDEB abaixo da média devido à falta de atenção da ex-gestão”.

O prefeito afirmou ainda, que busca através da Secretaria de Educação parcerias com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). “Vamos buscar parcerias com todas as áreas para melhoria de Bananeiras. A secretaria de educação já entrou em contato com o Campus para buscar parceria para área da educação, bem como buscar capacitação dos nossos servidores, para melhorarmos o nosso quadro”.

Sobre o Hospital Municipal de Bananeiras, o parlamentar afirmou que a unidade terá a sua reestruturação com a aquisição de novo equipamentos hospitalares. Segundo o gestor, alguns equipamentos como um Raio-X digital, um Eletrógrafo, novas camas, trinta poltronas, estão em tramitação no processo de licitatório.

Ao ser questionado sobre uma ala especial para o tratamento do Covid-19 na unidade hospitalar, o prefeito enfatizou que criaram uma ala para dar satisfação a população. “Existia uma ala de faz de conta, inclusive o médico realizava seu plantão e atendia o pessoal do Covid-19. Criaram essa ala para dar satisfação a população, não estava de maneira prática funcionando. Fizemos uma vistoria e registramos tudo através de fotos e vídeos, encontramos um cenário difícil”.

Na parte final da entrevista, Matheus afirmou que buscará resolver o problema de animais soltos nas vias públicas do município. “Estamos entrando em contato com a UFPB para buscar soluções para os animais soltos nas ruas. Estou me comprometendo com o cidadão, vamos buscar a solução, não podemos aceitar animais soltos nas ruas, causando acidentes e colocando a cidade e a gestão numa situação de fragilidade”.