Um rapaz, de 21 anos, foi até a 33ª Delegacia de Polícia do Rio (Sulacap) para acusar Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, de estupro. Segundo informações do colunista Alessandro Lo-Bianco, do programa ‘A Tarde É Sua’, da RedeTV!, o jovem alega que o artista usou da violência para praticar o crime.

Em depoimento na delegacia, ele relatou que no dia 11 de dezembro Anderson marcou uma reunião, mas em vez de ir para algum local onde eles iriam tratar sobre trabalho, o pagodeiro o levou para um motel chamado ‘Queen’ e disse: “Calma, é uma reunião sigilosa que pode mudar a sua carreira”.

A vítima ainda contou que Anderson o jogou na cama dizendo: “Não chora seu filha da puta, sua vagabund* piranh*”. Na sequência, ele teria arrancado sua roupa. Ao dizer que era viagem, Anderson se irritou e respondei: “Put* não é virgem”.

Terra