O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), nesta quinta-feira (11), rejeitou por unanimidade as contas do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) referentes ao exercício 2016.

Dentre as 55 irregularidades apontadas pelo órgão, está a contratação de servidores codificados no Governo do Estado.

O relator do processo foi o conselheiro Antônio Gomes, que apresentou o primeiro voto pela reprovação. O parecer será encaminhado à Assembleia Legislativa da Paraíba e servirá como base para o julgamento definitivo das contas do socialista.