O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), confirmou para esta quarta-feira (17) à tarde reunião extraordinária da Mesa Diretora para analisar a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Na sequência, será a vez do Colégio de Líderes analisar a questão.

 

“Convoquei reunião extraordinária da Mesa para as 13h e, na sequência, Colégio de Líderes. Vamos, em conjunto, avaliar e discutir a prisão do deputado Daniel Silveira”, postou, nesta manhã, o parlamentar nas redes sociais.

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, já havia dito que Mesa Diretora se reuniria nesta quarta, virtualmente, para decidir quando será a sessão de análise da prisão. A tendência é que o plenário discuta o caso apenas nesta quinta-feira (18), uma vez que o STF, de forma coletiva, analisa o mandado de prisão expedido pelo ministro Alexandre de Moraes contra o deputado nesta tarde.

Entenda o caso
Daniel Silveira foi levado para a cadeia na noite desta terça-feira (16) pela Polícia Federal. Ele foi alvo de uma ordem de prisão expedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, após publicar vídeo nas redes sociais contra os membros da Suprema Corte.

A prisão do deputado foi determinada por Moraes no âmbito do inquérito sigiloso que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra ministros do STF e seus familiares.