O prazo de declaração do Imposto de Renda 2021 começa nesta segunda-feira, 1º de março, e vai até 30 de abril, em processo que trará algumas novidades nas regras de pagamento, como a devolução do auxílio emergencial pago a contribuintes que receberam o benefício e também tiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76 e novos códigos para o lançamento de moedas virtuais como bitcoins.

 

O especialista em Imposto de Renda e sócio da Calderon Contabilidade, Daniel Calderon, explica como sistema da Receita Federal vai detectar e cobrar daqueles que obtiveram o auxílio emergencial indevidamente.

“A Receita Federal criou um mecanismo inteligente que vai gerar um DARF específico, diferente do IR normal, com valor a ser devolvido pelo contribuinte. Será com o valor nominal recebido, sem juros e correções. O Fisco conseguirá, assim, rastrear de um forma simples quem recebeu o benefício indevidamente”, disse.

R7