Pedro Bial publicou um pedido de desculpas às travestis que se ofenderam com o último episódio do programa ‘Conversa Com Bial’. O jornalista compartilhou um vídeo explicando a situação no Instagram nesta terça-feira, 25.

Na quinta-feira, 20, ele entrevistou o ex-jogador de futebol Ronaldo e relembrou o envolvimento do atleta com algumas travestis, em 2008. Na conversa, Bial se referiu a elas no pronome masculino.

“Não é nem pela reação na internet que venho aqui hoje me penitenciar pelo mau uso, pelo uso infeliz de um artigo, da forma descuidada que eu me referi às travestis. É pela minha consciência, consciência de alguém que eu não preciso fazer um levantamento histórico, mas de alguém que tem uma história de contribuição para a causa trans”, disse Pedro.

“Lamento demais ter ofendido quem quer que seja, isso jamais foi minha intenção”, completou. Após o episódio, a fala do apresentador recebeu diversas críticas nas redes sociais e ele afirmou que compreende a repercussão do público.

“Alguns poderiam até achar desproporcional a reação, a violência das manifestações na internet, mas acho que (não foi) violento não. Violenta é a vida dura, terrível das pessoas trans maltratadas. É uma tragédia que o Brasil tem que enfrentar”, lamentou.

“Então estou aqui para dizer, em primeiro lugar, que contem comigo, sempre, para o bem, para a construção, para a mudança desse estado de coisas. Um grande beijo para todos e todas”, concluiu.

Estadão