E meio ao impasse sobre a punição ou não para aqueles que decidem escolher o fabricante da vacina contra a covid-19, que por conta deste posicionamento estariam atrapalhando a fila de vacinação e o cumprimento do plano nacional de vacinação, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros declarou nesta terça-feira (06) que o foco da gestão estadual é tentar convencer o cidadão a tomar a vacina, apresentando toda a comprovação de que os imunizantes utilizados no Brasil são comprovadamente eficazes e não tentar pensar em medidas punitivas.

Vale ressaltar que outros estados e cidades já estão punindo o cidadão que se recusa a tomar determinada vacina por conta do fabricante.

Geraldo reforçou que a Paraíba deve focar na conscientização do povo para a eficácia dos imunizantes

“Minha opinião é que num momento como esse de pandemia é que o confronto não é atitude ideal. Temos que trabalhar para convencer essas pessoas que estão resistentes. O ato de não se vacinar é mais arriscado do que não se vacinar. Não tem por que se questionar. O mundo inteiro está se vacinando. Todos temos que nos vacinar”, emendou.

PB Agora