A Polícia Militar da Paraíba registrou um aumento de 60,9% do número de armas apreendidas, nesse fim de semana, em comparação com o fim de semana anterior. Entre as apreensões, está o arsenal que era utilizado por uma quadrilha composta por sete suspeitos de tráfico de drogas, assassinatos de mulheres, associação para o tráfico e associação criminosa, que agia no Litoral Sul da Paraíba.

Da sexta-feira (23) até esse domingo (25), foram apreendidas 37 armas de fogo nas cidades de Pitimbu, João Pessoa, Campina Grande, Bayeux, Caaporã, São Sebastião do Umbuzeiro, Queimadas, Cajazeiras e outros sete municípios. Em comparação com o fim de semana anterior, foram 14 armas a mais retiradas das ruas pela PM.

Destaque Nacional
Dados do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado este mês, colocou a Paraíba em destaque como o 5º Estado que, proporcionalmente, mais retirou armamento das ruas em 2020, com 3.502 apreensões. Os policiais responsáveis pelas apreensões são bonificados pelo Governo do Estado, com valores que variam entre R$ 600 a R$ 1.500, de acordo com o tipo de armamento.

Este ano, a PM já contabiliza mais de 1.650 armas de fogo apreendidas e novas operações devem acontecer nos próximos dias com o mesmo objetivo: retirar das ruas o instrumento mais usado em crimes contra a vida, que é a arma de fogo.