O paraibano e homem mais alto do Brasil, Joelison Fernandes da Silva, de 36 anos, conhecido como ‘Ninão’, conseguiu arrecadar R$ 149.322,47 em uma campanha na internet, para uma cirurgia de amputação da perda direita. Ele sofre com problemas por conta de seus 2,37 metros, e, além disso, desenvolveu osteomielite que o impede de andar e o faz sentir dores há mais de quatro anos.

“A maior dificuldade agora é a locomoção por dentro da casa”, disse ele ao g1. Joelison pesa mais de 200 quilos e diz ser ativo apesar da doença e da cadeira de rodas que é necessária desde que os problemas começaram a surgir. O paraibano é natural de Taperoá, mas mora em Assunção, município do Sertão do Estado.

A doença já manifestava sintomas há uma década e provocou uma infecção, que pode ser causada por bactérias ou fungos, e atingiu o osso, tendo como um dos principais sintomas a dor. “Eu não sabia o que era. Fui diagnosticando quando já tava muito avançado [o comprometimento da perna]”, revelou.

Esse cenário e a indicação dos médicos fez com que ele optasse pela cirurgia e a implementação de uma prótese. “É mais fácil andar com prótese do que com o pé”, comenta.

Da Redação
com informações do Último Segundo