A três dias do final do ano, o MDB, que na Paraíba é comandado pelo senador Veneziano Vital do Rêgo, ainda não se posicionou sobre qual caminho irá seguir, se com o Governo, ou com uma ala da oposição. Ainda assim, o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) disse que aguarda os próximos passos do emedebista em direção às articulações partidárias.

Veneziano tem garantido que a legenda participará majoritariamente da chapa que vai disputar o governo da Paraíba nas eleições de 2022. O senador, inclusive, ressaltou que deve anunciar alianças, caso sejam firmadas com partidos no Estado, no mês de janeiro.

Para João, se a decisão do MDB ocorrer em janeiro, facilitará no processo de articulações

“Tenho a compreensão de que em um país em que teremos eleições em outubro, talvez no final de março, tenhamos a leitura de quais os partidos se fundirão e que simplesmente sumirão da política brasileira. As nossas decisões elas vão ficar, logicamente, atreladas a decisão do partido que eu pertenço, que é o Cidadania. O MDB tem autonomia, que é natural de qualquer partido, e se vai anunciar em janeiro o posicionamento facilita porque já tem algumas definições sendo adiantadas. Eu estou no aguardo”, destacou João