O deputado estadual Hervázio Bezerra, do PSB, criticou, durante entrevista essa semana, a formação da chapa capitaneada pelo senador Veneziano (MDB), sobretudo por sua fragilidade.

Segundo ele, o ex-governador Ricardo Coutinho (PT), por exemplo, não tem garantia da justiça eleitoral de que poderá encarar a disputa majoritária pelo senado por conta da sua situação jurídica.

Na análise do socialista, Ricardo carece, na atual conjuntura de um ‘pneu de suporte’ para vir a substituí-lo, mas nem isso a Paraíba sabe quem poderá sê-lo.

“Todos nós sabemos que o ex-governador Ricardo Coutinho depende de uma liminar (para ser candidato ao Senado). E quem seria o pneu de suporte? Liminar pode ser concedida ou não, então você tem que ter um pneu de suporte. Quem é o pneu de suporte? Me apontem qual é a formação da chapa de lá?”, cutucou.

Em um tom genérico, Hervázio também considerou que outros adversários na disputa também não têm chapas formadas. “Mostrem qual é a chapa do pré-candidato Nilvan, do pré-candidato Pedro Cunha Lima, eles não têm! Já nós temos sobrando. Se desse a gente podia até exportar pra lá pra reforçar e equilibrar um pouco”, pontuou.

Hervázio também aproveitou para cutucar os adversários e alertar que enquanto em Brasília existe o famigerado gabinete do ódio, na Paraíba há o palanque do ódio.

 

PB Agora