Teletrabalho, home office ou trabalho remoto.

A desburocratização do ambiente empresarial com a implantação do projeto Jucep Digital tem contribuído para a abertura de novas empresas na Paraíba. No período de 2020 a 2021, no auge dos desafios sanitários por conta da pandemia, a Junta Comercial do Estado da Paraíba (Jucep) registrou um crescimento de 30% na constituição de novas empresas, o que inclui filial e sede, e não considera Microempreendedores Individuais (MEI).

Segundo dados da Jucep, em 2019, foram constituídas 6.780 empresas; e em 2020, o número foi de 6.584. Com a adoção das medidas de desburocratização, por meio da implantação do Jucep Digital, o número saltou de 6.584 para 9.382 em 2021. Portanto, o auge da pandemia.

Com o programa Jucep Digital, a tramitação de todo o processo de abertura, alteração e até mesmo a extinção de empresas é realizada totalmente em ambiente digital, pela Internet, com assinatura digital e segurança jurídica, colocando à disposição dos usuários da Jucep os serviços prestados pela Autarquia. A iniciativa está inserida em mais uma ação do Governo Digital, que já disponibiliza mais de 100 serviços on-line à população paraibana. Além de garantir maior acessibilidade aos serviços prestados pela Jucep, o ‘Jucep Digital’ também assegura rapidez, comodidade, segurança jurídica e atendimento 24 horas em todos os dias da semana e pode ser acessado por meio do endereço eletrônico www.redesim.pb.gov.br

Com isso, os empresários paraibanos ganharam incentivo na abertura de suas empresas, criando as condições necessárias para desenvolver a economia e gerar novos empregos. A expectativa é que este ano haja um crescimento maior na chegada de novas empresas com redução do tempo de abertura para apenas 48 horas.