A liberação do uso de máscaras em locais abertos será um dos pontos a ser discutido no próximo decreto da Covid-19 previsto para ser publicado no dia 7 de abril. A informação é do procurador-geral do Estado, Fábio Andrade.

Em entrevista nesta quinta-feira (07), ele destacou a redução no número de casos da doença e de internações como um dos fatores que será levado em conta na hora da definição sobre a ampliação da flexibilização.

O procurador também lembrou que o atual decreto já trouxe flexibilizações em vários setores, a exemplo dos templos religiosos que podem funcionar com 100% de sua capacidade e os bares, restaurantes e similares com até 80%. “É a nossa intenção chegar a 100% em todos os segmentos”, afirmou.

 

PB Agora