Após a saída de Milton Ribeiro na segunda-feira (28), Victor Godoy Veiga foi nomeado para assumir o Ministério da Educação (MEC) de forma interina. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (30), assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

Victor Godoy era o secretário-executivo da pasta, posto assumido durante a gestão de RIbeiro. Ele será o quinto nome a ocupar o cargo no governo de Bolsonaro.

Na terça-feira (29), a analista de política da CNN Thaís Arbex informou que Godoy era o nome mais cotado para assumir o MEC, com apoio de uma ala expressiva do governo Bolsonaro.