As 32 vagas disponíveis serão distribuídas entre Coordenação Macrorregional (3) e Ponto Focal de Apoio às Ações de Imunização (23). As bolsas variam de R$ 2.500,00 até R$ 2.900,00.

 

A Escola de Saúde Pública da Paraíba (ESP/PB), em conjunto com a Gerência Executiva de Vigilância Estadual, lança edital para enfermeiros que tenham experiência em saúde pública e imunização. O objetivo é elevar o nível de profissionalismo e excelência destes profissionais, qualificando ainda mais a gestão dos insumos e imunizantes, fortalecendo a política estadual de imunização. A inscrição é gratuita e deve ser feita, exclusivamente, online, através do endereço eletrônico, do dia 1º de abril até às 23h e 59min do dia 8 de abril de 2022.

“Estamos acompanhado a diminuição da cobertura vacinal e sentimos a necessidade de uma maior adesão às campanhas de vacinação e cumprimento de metas. A partir dessa iniciativa, queremos incentivar profissionais de enfermagem, a categoria profissional mais diretamente envolvidas no processo de imunização, a compartilhar experiências e otimizar a imunização nas regiões e municípios da Paraíba. Trata-se de uma ação nova que tem tudo para apoiar e melhorar a cobertura vacinal na Paraíba”, declarou o diretor geral da ESP-PB, Felipe Proenço.

As 32 vagas disponíveis serão distribuídas entre Coordenação Macrorregional (3) e Ponto Focal de Apoio às Ações de Imunização (23). As bolsas variam de R$ 2.500,00 até R$ 2.900,00. De acordo com a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Talita Tavares, esse processo seletivo tem a missão, ainda, de fortalecer as boas práticas nas salas de vacina, capacitar os profissionais para analisar dados vacinais e orientar as intervenções necessárias para melhora das coberturas vacinais.

“A implementação da Campanha e vacinação contra a Covid foi e continua sendo um grande desafio. No Estado da Paraíba, todo esse processo é conduzido através da Coordenação Estadual de Imunizações ligada à Gerência Executiva de Vigilância Estadual, de forma a contemplar os 223 municípios. Por isso, é sempre necessária a composição de equipe formada por profissionais para atuarem no fortalecimento da imunização,  promovendo a oferta segura e a ampliação da vacinação”, disse a gerente executiva.

 

  • CLICK PB