Por meio de um comunicado, o governo federal confirmou que o valor da energia elétrica terá uma redução de 20% a partir do dia 26 de abril. A informação foi destacada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que explicou a necessidade de tomar medidas excepcionais para enfrentar reflexos da seca em 2021. Contudo, de acordo com a avaliação do presidente, a situação atual é diferente.

Com reservatórios muito mais cheios do que no ano passado, o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Christiano Vieira da Silva, afirmou que a tendência é dispensar o uso de termelétricas.

Conforme o Boletim Mensal de Monitoramento do Sistema Elétrico Nacional, do Ministério de Minas e Energia as chuvas de fevereiro elevaram o nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Os reservatórios no Sul do país, por exemplo, fecharam fevereiro com 28% da capacidade.

 

  • T5