Um bebê de 1 ano segue internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, após engolir um caroço de pinha. Segundo a unidade hospitalar, a criança deu entrada no último domingo (22), vinda de Maturéia, Sertão da Paraíba.

De acordo com a médica Noadja Cardoso, o bebê estava brincando com a irmã quando engoliu um caroço de pinha, que obstruiu a respiração. Ele foi socorrido e passou por cirurgia para a retirada do caroço.

Ainda de acordo com o hospital, a criança chegou a ser intubada e ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) infantil, mas na quarta-feira (25) foi transferida para a enfermaria e segue em observação.

Entre os meses de janeiro e abril deste bom, mais de mil pessoas receberam atendimento emergencial no Hospital de Trauma de Campina Grande após aspirar algum tipo de objetivo. O dado acende um alerta, principalmente, para pais e responsáveis por crianças.

“Poderíamos ter perdido uma criança por uma questão que passa despercebida, mas que pode sim ser uma fatalidade”, explicou a médica Noadja Cardoso.

  • G1