O partido do PT decidiu, nesta semana, segundo a Revista Veja, que apoiará o PSB na Paraíba nestas Eleições 2022. Não só o estado paraibano contará com o apoio petista, como também o Maranhão, Pernambuco, Espirito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.

No entanto, diferente desses outros estados, a situação na Paraíba era um pouco mais delicada. O vice de Lula (PT), o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, é do PSB, mesmo partido que o atual Chefe Executivo do Estado paraibano e candidato a reeleição João Azevêdo.

Mas a figura de Ricardo Coutinho (PT), pré-candidato ao Senado Federal em 2022, gerou dúvidas e incertezas sobre o apoio de Lula. Apesar da aliança partidária entre PT e PSB, o ex-governador da Paraíba não compartilha essa parceria com João Azevêdo.

Como Lula e Ricardo são figuras próximas, o ex-presidente da República já havia confirmado apoio a outro candidato ao Governo do Estado, o senador Veneziano Vital (MDB), que compõe a chapa com Coutinho.

Mesmo com o aliança de Lula com sua oposição, o governador da Paraíba nunca deixou de manifestar seu próprio apoio ao candidato petista nas eleições que acontecerão em outubro. Além disso, requisitou que toda sua chapa majoritária se posicionasse a favor do ex-presidente.

MaisPB