O Ministério da Educação (MEC) autorizou um desconto de 12% nas dívidas do Fundo de Financiamento da Educação (Fies) para estudantes que não estão com parcelas atrasadas. Para ter o abatimento, é preciso fazer o pagamento à vista.

A medida foi publicada nesta sexta-feira (22) no “Diário Oficial da União”.

A renegociação inclui também aqueles alunos que já estavam em fase de quitação da dívida em 30 de dezembro de 2021, mas que atrasaram o pagamento das parcelas em mais de 90 dias. Nesses casos, o desconto pode chegar a 99% do valor total e vai variar de acordo com o perfil do candidato (entenda mais abaixo).

Os interessados poderão procurar os agentes financeiros entre 1º de setembro e 31 de dezembro de 2022.

Entenda abaixo as novas regras:

Estudantes sem atraso

  • Desconto de 12% no valor que ainda precisa ser pago, apenas à vista.

 

Estudantes com atraso de 90 dias

  • Desconto de totalidade dos encargos (como juros e taxas) e de 12% do valor principal, para pagamento à vista;
  • Abatimento de todas os encargos, sem desconto no valor principal, com a possibilidade de dividir em 150 vezes (cada parcela precisa ser de no mínimo R$ 200).

 

Estudantes com atrasos de mais de 365 dias, que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021 ou que estejam inscritos no CadÚnico

  • Desconto de 92% no valor total da dívida, para pagamento à vista.

 

Estudantes com atrasos de mais de 5 anos, que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021 ou que estejam inscritos no CadÚnico

  • Desconto de 99% no valor total da dívida, para pagamento à vista.

 

G1