Manaus x Botafogo-PB - Foto: Ismael Monteiro/Manaus FC

Manaus e Botafogo-PB ficaram no empate em 0 a 0, neste sábado (30), na Arena da Amazônia, em partida válida pela 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O resultado garantiu a permanência do Belo na quarta colocação, com 27 pontos, dentro do G-8 que garante a classificação à próxima fase da terceirona. A equipe amazonense ficou na 14ª colocação, com 22 pontos, praticamente sem chances de avançar na competição.

Apesar do empate sem gols, as equipes fizeram um jogo bastante movimentado. A primeira chance foi da equipe da casa, em cabeçada de Michel, que passou próximo do gol alvinegro. O Belo sentiu a pressão e passou a buscar mais jogadas no campo de ataque, principalmente em jogadas pelo setor esquerdo.

A equipe paraibana assustou aos 9 minutos, em chute de Leilson, seguido de cabeçada de Anderson Rosa, que terminou em impedimento. O Manaus voltou a oferecer perigo somente aos 30 minutos, em jogada do camisa10, Guilherme Pira, que chutou pra fora. Aos 37, ele novamente cobrou falta e quase abriu o placar.

No segundo tempo, a equipe amazonense voltou disposta a atacar o Botafogo-PB. Aos 27 minutos, sempre ele, Guilherme Pira fez jogada pela esquerda e tocou para Rafael Rosa, que quase marcou o gol amazonense. No lance, a bola sobrou pra Michel, que arrumou pra para Gilson bater. Mas o goleiro alvinegro Victor Golas fez linda defesa. Na sobra, Cordeiro bateu e Golas pegou novamente.
E, Guilherme Pira assustou a meta botafoguense novamente aos 43 minutos. O 10 amazonense fez grande jogada, mas chutou para fora. Apesar da pressão da equipe local, o Belo teve chance de sair com a vitória nos acréscimos, com chute de Esquerdinha e em cobrança de falta de Nadson, que ficou na defesa do goleiro Matheus Inácio.

SEQUÊNCIA

O Botafogo-PB volta a campo na próxima quarta-feira (3), às 21h30, para cumprir partida atrasada da 12ª rodada contra o Mirassol.

O Manaus só volta a jogar pela 18ª rodada, fora de casa, contra o Ypiranga-RS, no sábado (6), às 18h (de Brasília), no Colosso da Lagoa.

WSCOM