Foto: TV MANAÍRA

Hoje dia 15, às 12h, foi realizado o primeiro debate dos candidatos ao senado da paraíba, transmitido pela TV Manaíra e rádio Bandnews Fm, assim como também acompanhado por diversos veículos de comunicação regional, entre eles, o portal Nordeste1. Na sabatina política, estiveram frente a frente, todos os candidatos ao senado: Ricardo Coutinho (PT); Sérgio Queiroz (PRTB); Efraim Filho (União Brasil); Bruno Roberto (PL); André Ribeiro (PDT); Alexandre Soares (PSOL) e Pollyanna Dutra (PSB). A jornalista Cláudia Carvalho quem comandou o debate, gerenciando os blocos, e o tempo de fala dos candidatos presentes no local.

O candidato Alexandre Soares (PSOL) deu largada as considerações iniciais, por meio de sorteio prévio, e mencionou a necessidade de transformação do senado, a modificação das pautas atuais, a melhoria das políticas públicas para a classe trabalhadora, e ainda frisou, segundo ele, a crise econômica do pais. Alexandre apoia Lula para a presidência da república e Adjany Simplício para o governo do estado.

No discurso inicial, o primeiro tema foi aborto, e a posição de Alexandre foi a de descriminalizar a prática, em favor das vítimas que, muitas vezes, sofrem violência e não conseguem se defender, disse ainda que essa é uma questão de saúde pública, e que essas pessoas precisam de assistência; afirmou também que é inadmissível discutir esse assunto no âmbito do aspecto moralista da extrema direita.

Bruno Roberto (PL), sobre o aborto, se posicionou totalmente contra a tal prática, e disse que lamenta a defesa de Alexandre a essa barbaridade. Bruno respondeu a Alexandre que saúde pública não é matar bebês, e que é a favor da vida e da prática da fé, na convicção de que a vida deve prevalecer a qualquer circunstância; a bandeira de Bruno é a família e a liberdade.

O Presidente do União Brasil na Paraíba e pré-candidato ao Senado Federal, Efraim Filho, em uma de suas falas defendeu o investimento no setor produtivo, agricultura familiar, agronegócio e agrário, ressaltando o combate as desigualdades na sociedade, onde poucos tem muito, e a maioria tem quase nada, objetivando a necessidade de levar o alimento a todos os cidadãos por um preço acessível para ajudar a população.

André Ribeiro (PDT) falou sobre indústria, e disse que o brasil vive em um momento de desindustrialização, trazendo como consequência disso ao país o desemprego. Nessa fala ele chegou a afirmar que a agricultura importa a maioria de seus fertilizantes, inclusive relatando dados que falam sobre o PIB industrial.

Um dos temas abordados pelo Ex-Governador, candidato ao senado, Ricardo coutinho, foi a posse de armas. No seu ponto de vista, o Brasil está aderindo ao Neofacismo, e que há a necessidade de combater a violência reforçando a educação, investindo na construção de creches.

Sobre o IDH, Sérgio Queiroz (PRTB), salientou que só ações governamentais ajudarão na promoção do IDH paraibano, porém, antes, disse ele que há uma grande necessidade de investimento na primeira infância.

Pollyanna Dutra (PSB) em um dos temas, abordou a importância da federalização da educação no país, no âmbito do custeio, nas metodologias, realçando a necessidade de equilíbrio educacional e a padronização do sistema educacional, no território Brasileiro.

 

Acompanhe o debate na íntegra AQUI.

 

Sena, Redação NE1