A Diretora-Geral do Senado Federal divulgou, nesta terça-feira (23), no Diário Oficial da União (DOU), cinco editais para concursos com 1.014 vagas para ensino superior (veja detalhes abaixo). Do total, 22 são imediatas e o restante, para cadastro reserva.

Os salários-base variam de R$ 4,4 mil e R$ 7,9 mil, mas, com gratificações, chegam a R$ 33 mil.

O prazo para as inscrições começa às 16h desta terça-feira e vai até 21 de setembro. As candidaturas devem ser feitas no site da FGV, banca organizadora do certame. As taxas de inscrição variam de R$ 55 a R$ 94, de acordo com a vaga.

Confira a divisão por cargos:

Analista legislativo

  • Cursos: administração, arquivologia, assistência social, contabilidade, enfermagem, engenharia eletrônica e telecomunicações, engenharia do trabalho, processo legislativo, informática legislativa
  • Salário: R$ 6.844,84 e R$ 19.052,92 em gratificações
  • Vagas: 11 imediatas e 681 para cadastro reserva

Veja aqui o edital completo

Técnico legislativo

  • Cursos: nível superior em qualquer área
  • Salário: R$ 4.449,16 e R$ 14.978,63 em gratificações
  • Vagas: sete imediatas e 173 para cadastro reserva

Veja aqui o edital completo

Analista legislativo

  • Cursos: nível superior em qualquer área
  • Salário: R$ 6.844,84 e R$ 19.052,92 em gratificações
  • Vagas: uma imediata e 19 para cadastro reserva

Veja aqui o edital completo

Advogado

  • Curso: direito
  • Salário: R$ 7.970,84 e R$ 25.490,84 em gratificações
  • Vaga: uma imediata e 19 para cadastro reserva

Veja aqui o edital completo

Consultor legislativo

  • Cursos: nível superior em qualquer área
  • Salário: R$ 7.970,84 e R$ 25.490,84 em gratificações
  • Vagas: duas imediatas e 100 para cadastro reserva

Veja aqui o edital completo

Provas

As provas objetivas estão previstas para o dia 6 de novembro de 2022. O exame será realizado em todas as capitais, de acordo com os editais.

 

G1 DF