FOTO: REPRODUÇÃO

O grito do Ipiranga, entoado por Dom Pedro, virou o símbolo da Independência do Brasil. Exatos 200 anos depois, a Ubook lança Tempos de Liberdade, de Chiara Ciodarot, romance histórico que apresenta uma nova perspectiva dos momentos que cercaram o fim do Brasil colônia, revelando a importância de três mulheres que desempenharam papéis ativos na luta pela independência.

O livro ganhou o Prêmio de Incentivo à Publicação do Bicentenário da Independência e conta a história de três Marias.

A Imperatriz Maria Leopoldina movimentou o cenário político de maneira mais assertiva do que o próprio marido, de modo a fortalecer a postura separatista dos governantes.

Maria Quitéria foi a primeira mulher a fazer parte do Exército brasileiro e lutou diretamente na Guerra da Independência, como soldado.

Maria Felipa, escrava liberta, organizou a resistência na costa da Ilha de Itaparica, ajudando a afundar 40 embarcações portuguesas e enfraquecendo o cerco dos colonizadores.

O livro será publicado nos formatos impresso e digital(ebook e audiobook).

O Audiobook contou com a narração das atrizes Isabel Fillardis, Isabel Guéron e Laila Garin e o preâmbulo narrado pela Bel Kutner.

Maria Leopoldina, Maria Quitéria e Maria Felipa tiveram vidas muito distintas, porém com objetivos convergentes: libertar a si mesmas e libertar sua pátria. Três mulheres que não se adequaram aos papéis que lhes foram designados. Três mulheres que, a despeito do preconceito e das barreiras impostas pela sociedade de seu tempo, não abririam mão da liberdade.

No bicentenário da independência, conhecer melhor mulheres que ajudaram a fazer a história e foram verdadeiras heroínas da Guerra da Independência do Brasil é vital para a continuidade da luta pela liberdade de direitos no Brasil.

Lançamento:

1º de setembro de 2022

Local: Livraria da Travessa Leblon

Páginas: 140

Preço: R$ 39,90 (impresso)

Sobre a autora:

Chiara Ciodarot é escritora, poeta e editora. Formada em Letras, com mestrado em Literatura Brasileira e doutorado em Literatura, Cultura e Contemporaneidade (PUC-Rio), escreve desde a adolescência, tendo diversos romances e contos publicados. Foi escolhida uma das 500 poetas contemporâneas a participar da exposição Poesia Agora, no Museu da Língua Portuguesa. Os volumes de sua série de romances de época, O Clube dos Devassos, figuraram entre os mais vendidos da Amazon. Finalista do Prêmio SESC de Literatura de 2011 com o drama psicológico Noites Pretas e Brancas, ganhou, em 2020, o Prêmio de Incentivo à Publicação do Bicentenário da Independência com Tempos de Liberdade.

Sobre a Ubook

Lançada no início de outubro de 2014, a Ubook é o maior aplicativo de audiotainment da América Latina. Por um valor mensal é possível ter acesso ilimitado a todo o catálogo através do aplicativo. Além dos audiobooks e podcasts, a Ubook inovou o segmento trazendo também séries e documentários originais, notícias e ainda ampliou sua oferta ao disponibilizar também ebooks para seus assinantes. Com a crescente demanda por conteúdo em áudio no país, a plataforma lançou recentemente a Ubook Music e a Ubook FM, uma nova área que oferece música de diversos gêneros para assinantes e não assinantes. Para saber mais acesse: www.ubook.com

Contatos Assessoria:

As três Marias

Maria Leopoldina, Maria Felipa e Maria Quitéria tiveram vidas muito distintas, porém com objetivos convergentes: libertar a si mesmas e libertar sua pátria. Três mulheres que não se adequaram aos papéis que lhes foram designados. Três mulheres que, a despeito do preconceito e das barreiras impostas pela sociedade de seu tempo, não abririam mão da liberdade.

PARAÍBA NOTÍCIA