Operação Gaeco CGU Polícia Civil (Foto: Walla Santos)

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) deflagrou na tarde desta quinta-feira (1º), o através do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO) e da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), uma mega operação para cumprir mandados de busca e apreensão no Fórum de Itaporanga, na região do Vale do Piancó, sertão paraibano.

Segundo o presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB), Max Nunes,  a ação está em curso e em segredo de justiça.

‘’A operação está em curso ainda e como não foi finalizada, e ainda está em sigilo, só sabemos que está sendo realizada em Itaporanga. Não recebemos nenhuma cópia da decisão. Não temos conhecimento ainda do que se trata, só saberemos quando a diligência for concluída’’, disse.

A operação teria como alvos um juiz e um advogado, mas a identidade de ambos não foi revelada pelas autoridades.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB), Harisson Targino, informou que a entidade está acompanhando as investigações.

“A OAB foi notificada e indicou representantes para acompanhar de perto o cumprimento dos mandados”, observou Targino.

 

WSCOM