A abertura do evento (Foto: Reprodução)

O esporte escolar da cidade de João Pessoa voltou, na tarde desta segunda-feira (12), a se manifestar em sua forma mais vibrante. Após dez anos, a Prefeitura da Capital retomou a realização das Olimpíadas Escolares do Município, competição que permite a disputa entre as escolas em diversas modalidades esportivas. O evento, que acontece nos próximos 15 dias, foi aberto oficialmente pelo prefeito Cícero Lucena durante cerimônia realizada na Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em Tambauzinho.

“Esse é o resgate de uma prática de nossas gestões anteriores, pois sabemos que a formação do cidadão precisa, além do aspecto pedagógico, incluir o cultural e o esportivo. Esse evento promove uma disputa saudável, permite a integração entre as escolas e a descoberta de talentos que podem ser lapidados e apoiados. Agradecemos a equipe da Educação por este trabalho”, afirmou Cícero.

O evento foi a oportunidade para o acendimento da pira olímpica, o que foi feito pela judoca Ketly Gomes, de 14 anos, após revezamento entre atletas de destaque da Rede Municipal em modalidades olímpicas e paralímpica. A chama ficará acessa durante toda a competição, quando cerca de 2500 estudantes de 49 escolas vão se enfrentar em oito modalidades.

“Foi uma emoção muito grande ser responsável por acender a pira, pois pratico judô há muitos anos e nunca tive a oportunidade. É surreal e estou cheia de felicidade. A Prefeitura dá a nós alunos uma grande chance no esporte ao retomar esses jogos”, afirmou Ketly, que é aluna da Escola Tarcila Barbosa França, nos Funcionários III.

A secretária municipal da Educação e Cultura (Sedec), América Castro, afirmou que o dia é de celebração. “Esses jogos não aconteciam há cerca de uma década e nunca ocorreram nessa magnitude. Fizemos algo decente, pois nossos alunos merecem o melhor. Foi um trabalho em equipe recompensado com a alegria dos estudantes em participar dos jogos”, afirmou.

Um dos momentos de destaque foi o hasteamento da bandeira ao som do Hino Nacional. O prefeito Cícero Lucena cuidou do pavilhão nacional, enquanto a professora América Castro hasteou o municipal. A bandeira da Paraíba ficou a cargo do comandante da Marinha, Marcelo Bione. “É uma satisfação participar deste evento, que é muito significativo para a educação do nosso município”, afirmou Bione, que é oficial de gestão escolar da Escola Cívico-Militar Chico Xavier.

A abertura do evento ainda contou com as apresentações de corpos de bailes de bandas marciais, do coral Canto Livre Meninada, de grupos escolares de dança e de ginastas da seleção paraibana de ginástica rítmica.

Os jogos — Os estudantes vão competir nas modalidades de atletismo, judô, natação, bocha, handebol, vôlei, futsal e basquete. Disputas paralímpicas vão ocorrer no judô, atletismo e natação. Para os alunos dos anos iniciais será feito um evento denominado ‘Kids Games’, com estudantes de até 10 anos de idade. Para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), a competição será na modalidade de futsal masculino e feminino.

As provas de atletismo irão acontecer na Vila Olímpica Parahyba, no Bairro dos Estados; judô e bocha paralímpica serão no ginásio poliesportivo do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria; e natação na piscina do CAM.

Já os esportes coletivos irão acontecer no ginásio das próprias unidades de ensino e no Centro Escolar Municipal de Atividades Pedagógicas Integradoras Arthur da Costa Freire (Cemapi), em Mangabeira.

 

ClickPB