(Foto: Reprodução)

Descrente dos resultados das pesquisas eleitorais, o candidato a governador nas eleições deste ano, Nilvan Ferreira (PL) afirmou na tarde desta quinta-feira (22) que não acredita nos institutos de pesquisas “um verdadeiro caso de prostituição financeira aonde que sai na frente é quem paga mais. São verdadeiras prostitutas de campanha eleitoral”, criticou.

Ele relaciona essa descrença com o que chama de “manipulação dos resultados” que colocam seu candidato à presidente da República Jair Bolsonaro em segundo lugar. “Os números que eles mostram não representa a realidade das ruas”, disso o radialista durante entrevista ao Programa Arapuan Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação.

Como acompanhou o ClickPB, o candidato reforçou que só acredita no resultado das urnas no dia 2 de outubro. “A verdadeira pesquisa que ver como faz? coloque os candidatos para andarem comigo nas ruas e ai vocês vão conhecer o resultado. Dia 2 será feita a verdadeira pesquisa”, disse.

Ainda durante a entrevista, o radialista rebateu as críticas de que ele não teria condições de governar o Estado. “Tenho uma história de luta e de superação  e  para comandar um Estado não precisa que o gestor tenha graduação ou doutorado, basta apenas que ele coloque as pessoas certas nos lugares  certos e faça as coisas direito”, avaliou.

 

ClickPB