As Polícias Civis da Paraíba e de Pernambuco realizaram hoje a operação ‘Sósia’, com o objetivo de combater o ‘golpe do Renavam’. Segundo as polícias, esta ação ocorre quando há a falsificação de documentos para emplacar veículos novos que não possuem posse ou propriedade e após isso, inicia-se a aplicação de fraudes em financeiras e seguradoras.

Foram realizados oito mandados de busca e apreensão nos municípios de Recife, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Ipoca, todos em Pernambuco. os mandados foram expedidos pela Vara única da Comarca de Caaporã, no litoral sul da Paraíba.

Além de causar prejuízos às instituições financeiras, este tipo de golpe gera grandes transtornos a quem compra novos veículos, já que ficam impossibilitados de emplacá-los pois os mesmos  já constam como licenciados em nome de terceiros.

A operação foi realizada com a coordenação da Delegacia de Pitimbu-PB e da Delegacia de Repressão e Combate a Corrupção e ao Crime Organizado – DRACCO de Pernambuco.

Prejuízo de mais de R$ 300 mil em apenas um caso

De acordo com as polícias, em apenas uma seguradora foi constatado prejuízo de R$ 303.544,22.  Os criminosos emplacavam o automóvel fraudulentamente no DETRAN – PE e, após aplicarem o golpe numa instituição financeira, noticiavam o veículo, também chamado de DUBLÊ, como roubado na circunscrição da Delegacia Municipal de Pitimbu – PB.

Também está sendo investigado se houve a participação de servidores públicos no esquema criminoso.

 

Joaquim Neto/Click