Foto: Reprodução

e-Título é o aplicativo oferecido pela Justiça Eleitoral para que os eleitores possam ter acesso a serviços relacionado às eleições 2022. Às vésperas do pleito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que cerca de 30 milhões de eleitores no Brasil e exterior já ativaram o app. Somente neste ano, foram registradas mais de 13 milhões de ativações. O e-Título é gratuito e está em operação desde 2018. Entre os serviços que o aplicativo oferece estão a obtenção da via digital do título de eleitor, além de consultas ao local de votação, pedido de justificativa de ausência, emissão de certidão de quitação eleitoral e nada consta criminal, entre outros. O TSE orienta o eleitorado a seguir regras de utilização e baixar ou atualizar o e-Título o quanto antes para evitar dificuldades que possam surgir ao deixar a emissão para a última hora. De acordo com o tribunal, no dia do primeiro turno das eleições, 2 de outubro, a emissão do e-Título estará suspensa e só voltará a ser liberada a partir do dia seguinte. Em um eventual segundo turno,marcado para 30 de outubro, a regra seguirá a mesma. Será possível tirar a via digital do título até a véspera, ou seja, 29 de outubro. O e-Título substitui o documento em papel e pode ser usado como identificação, desde que atualizado e com foto. “Por isso, é importante se organizar e não deixar tudo para a última hora. Faça o download do e-Título no celular ou tablet”, informou a Justiça Eleitoral. O aplicativo funciona nos sistemas Android e iOS e pode ser baixado na App Store e na Google Play.

 

Jovem Pan