Foto: Foto: Divulgação/Seman

Mais de trinta cães da raça Sptiz, encontrados em condições de maus-tratos, foram resgatados de uma canil clandestino, localizado nesta segunda-feira (17), no bairro do José Américo, em João Pessoa. O dono do canil vai ser autuado pelo crime de maus tratos e os cães resgatados estão temporariamente sob cuidados de protetores independentes. A ação foi divulgada nesta terça-feira (18).

A ação para desarticular o canil envolveu equipes da Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) e a Polícia Ambiental. A denúncia foi repassada pelo vereador Guga, que recebeu a informação das irregularidades através das redes sociais e acionou a Seman.

Equipes desarticulam canil clandestino em João Pessoa. — Foto: Foto: Divulgação/Seman

Equipes desarticulam canil clandestino em João Pessoa. — Foto: Foto: Divulgação/Seman

Os animais estavam em uma casa sem ambiente adequado e vários deles não tinham acesso a local coberto para se proteger do sol e da chuva. O local estava sujo e com fezes espalhadas pelo chão. Os cães também estavam sem alimentação e água.

Segundo a Semam, assim que a situação legal dos animais for definida, eles serão castrados e disponibilizados para adoção.

O coordenador de Bem-Estar Animal da Semam, Ítalo Oliveira, falou sobre a importância da participação da Polícia Ambiental e do trabalho realizado em parceria. “Contamos com apoio dos protetores que estão em praticamente todos os bairros da cidade. São pessoas atentas, articuladas, que conhecem a legislação ambiental e nos ajudam a cuidar dos animais”, concluiu.

g1/PB