Daniel Ortega, presidente da Nicarágua, no dia da Independência do país, 15 de setembro de 2021. (Foto: Presidência da Nicarágua/Cesar Perez/Handout via Reuters)

A medida impede que empresas americanas façam negócios com o setor de mineração do país da América Central. As justificativas de Washington para a punição são os ataques da ditadura de Daniel Ortega a integrantes da sociedade civil e a detenção de presos políticos.

r7