Reprodução

A produção total de petróleo e gás da Petrobras somou 2,644 milhões de barris de óleo equivalente ao dia no terceiro trimestre, queda de 6,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior, informou a estatal nesta segunda-feira (24).

A produção de petróleo da empresa no Brasil atingiu 2,115 milhões de barris por dia no período, recuo de 6,8% na mesma comparação.

A plataforma P-68, que opera nos campos de Berbigão e Sururu (Bacia de Santos), atingiu a capacidade plena de produção em 21 de junho.

De acordo com a Petrobras, o feito permitiu à unidade alcançar neste trimestre a sua maior média de produção, de 148 mil barris de petróleo por dia (bpd), confirmando o bom desempenho dos poços e da plataforma.

Além disso, em 8 de outubro, a P-68 atingiu o recorde de produção diária de 161 mil barris, acima da capacidade nominal por conta das otimizações alcançadas na planta de produção.

Já as vendas de derivados de petróleo da Petrobras no mercado interno atingiram 1,798 milhão de barris/dia no terceiro trimestre, queda de 7,6% na comparação anual.

Pré-sal

De acordo com comunicado da estatal, a produção total no pré-sal foi de 1,94 milhão de barris de óleo equivalente, em linha com o segundo trimestre de 2022, representando 73% da produção total da Petrobras.

“A companhia seguiu o trabalho de desenvolvimento de mercado para os petróleos do pré-sal, com foco em Atapu e Sépia, que foram os últimos óleos adicionados à cesta de exportação da Petrobras. Neste trimestre, foram incluídos quatro novos clientes distribuídos entre Ásia, Europa e América do Sul”, diz o comunicado.

 

CNN/BR