Secretários de JP que vão concorrer às eleições devem deixar o cargo até fevereiro

Os secretários da Prefeitura de João Pessoa que planejam concorrer a uma das 29 vagas na Câmara Municipal da Capital nas eleições deste ano deverão renunciar aos seus cargos no início de fevereiro.

Embora o prazo legal de desincompatibilização seja de seis meses antes do pleito, ou seja, até abril deste ano, o prefeito Cícero Lucena estabeleceu o início do próximo mês como limite para que seus colaboradores deixem seus cargos. Segundo o prefeito, essa antecipação é necessária para evitar prejuízos à gestão.

“No ano passado, eu disse que iríamos antecipar o prazo de desincompatibilização para aqueles que têm a pretensão de disputar as eleições, e é isso que estamos fazendo. A gestão não pode esperar até abril com essas pessoas que precisam priorizar suas campanhas, e nós precisamos priorizar a gestão”, afirmou Cícero Lucena.

A previsão é que uma pequena reforma ocorra ainda antes do carnaval. De acordo com uma análise preliminar, os seguintes secretários estão cotados para deixar seus cargos:

– Marcos Vinícius: Secretaria de Comunicação
– João Almeida: Guarda Municipal
– João Corujinha: Secretaria de Direitos Humanos
– Júnior Pires: Procon/JP
– Tiago Diniz: Participação Popular
– Beto Pirulito: Adjunto na Habitação
– Fábio Carneiro: Sedurb
– Wellisson: Meio Ambiente
– Eurípedes Leal: Sine/JP
– Taciana Farias: Coordenação do Centro da Juventude
– Coronel Kelson: Defesa Civil

 

 

Por ParaibaJA