Justiça mantém prisão de homem que atropelou e matou idosa em JP

Justiça decidiu manter a prisão do homem responsável pelo atropelamento e morte da idosa Marlene Pinheiro Andrade, ocorrido no último domingo (28). A vítima, de 65 anos, foi atingida enquanto retornava para casa após sair da igreja.

motorista, que apresentava sinais de embriaguez, foi detido em flagrante pela Polícia Militar. A prisão em flagrante foi posteriormente convertida em prisão preventiva, conforme alegado pela defesa do suspeito. O homem admitiu ter passado a noite consumindo bebidas alcoólicas e expressou arrependimento pelo acidente.

A juíza do caso categorizou o crime como dolo eventual, uma classificação jurídica referente à culpabilidade no direito criminal, indicando que o autor previu a possibilidade de um resultado danoso ocorrer.

O acusado será encaminhado para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, localizada no presídio do Roger, em João Pessoa.

 

 

Por ParaibaJa