Reconhecimento: Deputado Raniery Paulino celebra destaque do Republicanos e comemora aliança estratégica com o PSB na PB

O deputado federal Raniery Paulino, representante do Republicanos, expressou essa semana, durante entrevista, sua satisfação com o que chamou de destaque significativo em nível estadual e federal de seu partido. Além disso, ressaltou o compromisso contínuo da legenda em busca de novas filiações e na oferta de nomes para compor chapas nas próximas eleições.

Paulino destacou a existência de uma aliança com o PSB, partido do governador João Azevêdo, indicando que em muitos municípios, as duas legendas marcharão juntas. Para o deputado, essa parceria representa o melhor cenário atual para o fortalecimento mútuo dos dois maiores partidos da Paraíba.

O parlamentar ainda abordou sua participação na Câmara Federal em meio à tensão entre a Casa Legislativa e o governo federal. Ele sublinhou a importância do entendimento mútuo entre o Executivo e o Legislativo, particularmente no que diz respeito aos vetos, destacando a questão da desoneração da folha de pagamento.

“O Executivo tem que compreender o papel do Legislativo e vice-versa. O ponto desse conflito sem dúvida alguma são esses vetos, especialmente com relação à desoneração (da folha de pagamento), que o parlamento já tinha se posicionado tanto na iniciativa legislativa como depois na derrubada do veto. A medida provisória foi algo extremamente antipático ao Legislativo, então a busca tem que ser pelo diálogo”, posicionou.

O político também avaliou a possibilidade de interferência entre as esferas de poder e defendeu uma reconfiguração para compreender as funções específicas de cada uma. Ressaltou que, após um período de hostilidade, é hora de estabelecer um diálogo construtivo, especialmente diante do protagonismo do Judiciário nos últimos anos.

“O Judiciário teve um protagonismo muito grande nos últimos anos em virtude, inclusive, do Legislativo não ter se posicionamento melhor. Então, acredito que agora é possível […] O pior já passou, o clima de hostilidade passou, agora dá pra se estabelecer um diálogo”, finalizou.

 

Fonte: PB Agora