Comandante da Polícia Militar da Paraíba critica escola de samba que ‘demonizou’ policiais: “não sei motivo da referência”

Comandante lembrou que não tem prerrogativa para falar sobre as outras policiais militares, mas, na Paraíba, os policiais são dedicados e competentes.

O comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Sérgio Fonseca, criticou a escola de samba Vai-Vai, de São Paulo, que usou fantasias de policiais demonizados durante o desfile de Carnaval. A crítica aconteceu durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, nesta quarta-feira (14).

Sérgio Fonseca lembrou que não tem prerrogativa para falar sobre as outras policiais militares, mas, na Paraíba, os policiais são dedicados e competentes.

“A Polícia Militar tem um papel fundamental na sociedade, de manutenção de ordem pública. Não sei o motivo que eles fizeram essa referência. Não tenho a prerrogativa para falar das polícias militares dos outros estados. Na Paraíba, a Polícia Militar tem homens e mulheres extremamente competentes e que se dedicam a trazer segurança pública para a Paraíba”, afirmou o comandante.

Em posicionamento, a Vai-Vai alegou que usou as fantasias que mostram policiais “demonizados” para lembrar a violência policial contra pessoas pretas.

Por ClickPB