Vereadora denuncia violência política de gênero na CMCG: “Me respeitem como se fosse um homem de calça”

Em tom de desabafo, a vereadora Fabiana Gomes que também é a vice-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) denunciou durante a sessão de ontem (21) que sofreu violência política de gênero enquanto presidia os trabalhos na Câmara de Campina Grande.

A parlamentar revelou que foi agredida por um dos colegas durante a confusão sobre a aprovação do voto de repúdio ao presidente Lula. “Lamento profundamente que toda vez que eu estou nessa presidência, eu sou desrespeitada. Hoje um colega teve a capacidade de dizer que eu me levantasse e passasse a cadeira para outro. Eu não admito isso aqui. Não é porque eu sou uma mulher, que vocês vão passar por cima de mim”, disse a parlamentar.

Fabiana cobrou respeito aos colegas de parlamento. “Me respeitem como se fosse um homem de calça que estivesse aqui”, verbalizou em tom de desabafo. Fabiana é a vice-presidente da Câmara de Campina Grande e estava conduzindo a sessão na ausência do presidente Marinaldo Cardoso, que está em viagem à Brasília.

Vídeo do Blog de Max Silva:

pb agora