Ministério Público abre novo procedimento para investigar desvio de recursos no Hospital Padre Zé

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um novo procedimento administrativo para investigar os desvios de recursos no Hospital Padre Zé, em João Pessoa, durante a gestão do Padre Egídio de Carvalho, que está preso. Conforme verificou o ClickPB, a investigação também se estende à Ação Social Arquidiocesana.

O processo aberto está sob sigilo e não foi possível identificar se trata-se de um investigação sobre novas denúncias ou se refere ao caso já em andamento referente ao desvio de R$ 140 milhões. No Diário Oficial do MPPB consta apenas que trata-se de uma denúncia anônima.