Inmet emite alerta de chuvas intensas para mais de 100 cidades da Paraíba

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas para 127 cidades da Paraíba. O alerta é válido até as 10h deste domingo (25).

No caso do alerta amarelo, pode ocorrer chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas também são esperados.

Em caso de rajadas de vento, o Inmet recomenda que não se abrigue debaixo de árvores e se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Caso haja algum problema, o Inmet orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

Cidade em alerta amarelo de perigo potencial de chuvas

  • Alagoa Grande
  • Alagoa Nova
  • Alagoinha
  • Alcantil
  • Algodão de Jandaíra
  • Alhandra
  • Araçagi
  • Arara
  • Araruna
  • Areia
  • Areial
  • Aroeiras
  • Baía da Traição
  • Bananeiras
  • Baraúna
  • Barra de Santana
  • Barra de Santa Rosa
  • Barra de São Miguel
  • Bayeux
  • Belém
  • Boa Vista
  • Boqueirão
  • Borborema
  • Caaporã
  • Cabaceiras
  • Cabedelo
  • Cacimba de Dentro
  • Caiçara
  • Caldas Brandão
  • Camalaú
  • Campina Grande
  • Capim
  • Caraúbas
  • Casserengue
  • Caturité
  • Conde
  • Congo
  • Coxixola
  • Cruz do Espírito Santo
  • Cubati
  • Cuité
  • Cuité de Mamanguape
  • Cuitegi
  • Curral de Cima
  • Damião
  • Dona Inês
  • Duas Estradas
  • Esperança
  • Fagundes
  • Frei Martinho
  • Gado Bravo
  • Guarabira
  • Gurinhém
  • Gurjão
  • Ingá
  • Itabaiana
  • Itapororoca
  • Itatuba
  • Jacaraú
  • João Pessoa
  • Juarez Távora
  • Juazeirinho
  • Juripiranga
  • Lagoa de Dentro
  • Lagoa Seca
  • Logradouro
  • Lucena
  • Mamanguape
  • Marcação
  • Mari
  • Massaranduba
  • Mataraca
  • Matinhas
  • Mogeiro
  • Montadas
  • Mulungu
  • Natuba
  • Nova Floresta
  • Nova Palmeira
  • Olivedos
  • Parari
  • Pedra Lavrada
  • Pedras de Fogo
  • Pedro Régis
  • Picuí
  • Pilar
  • Pilões
  • Pilõezinhos
  • Pirpirituba
  • Pitimbu
  • Pocinhos
  • Puxinanã
  • Queimadas
  • Remígio
  • Riachão
  • Riachão do Bacamarte
  • Riachão do Poço
  • Riacho de Santo Antônio
  • Rio Tinto
  • Salgado de São Félix
  • Santa Cecília
  • Santa Rita
  • Santo André
  • São Domingos do Cariri
  • São João do Cariri
  • São João do Tigre
  • São José dos Cordeiros
  • São José dos Ramos
  • São Miguel de Taipu
  • São Sebastião de Lagoa de Roça
  • São Sebastião do Umbuzeiro
  • São Vicente do Seridó
  • Sapé
  • Serra Branca
  • Serra da Raiz
  • Serra Redonda
  • Serraria
  • Sertãozinho
  • Sobrado
  • Solânea
  • Soledade
  • Sossêgo
  • Sumé
  • Tacima
  • Taperoá
  • Tenório
  • Umbuzeiro

O que significam as cores dos alertas do Inmet?

  • Alerta amarelo: perigo potencial

A classificação aponta a previsão de ‘perigo potencial’.

A umidade relativa do ar varia entre 30% e 20%. Baixo risco de incêndios florestais e à saúde.

  • Alerta laranja: perigo

A classificação aponta que a previsão significa ‘perigo’.

A umidade relativa do ar varia entre 20% e 12%. Risco de incêndios florestais e à saúde. Ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz..

  • Alerta vermelho: grande perigo

Esta classificação aponta a previsão de ‘grande perigo’.

O volume de chuva deverá ser superior a 60 mm por hora ou acima de 100 mm por dia. Há um grande risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios, grandes deslizamentos de encostas, em cidades com tais áreas de risco.

É importante destacar que o aviso vermelho é o mais preocupante, mas o instituto recomenda medidas preventivas que podem contribuir para proteção antes das fortes chuvas:

  • desligar aparelhos elétricos e o quadro geral de energia
  • observar a alteração nas encostas permanecer em local abrigado
  • em caso de situação de inundação, ou similar, proteger pertences da água envoltos em sacos plásticos
  • as informações sobre a sua cidade ou região podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)