Aranha armadeira pica menino de 3 anos em Nova Lima: mãe faz alerta

Em um vídeo publicado nas redes sociais, com mais de 2 milhões de visualizações, Ellen alerta sobre o perigo das aranhas armadeiras, especialmente nesta época do ano, quando elas se escondem nas casas

mãe Ellen Martins, de Nova Lima, Minas Gerais, viveu momentos de pânico ao encontrar seu filho de 3 anos com a mão inchada e dolorida após ser picado por uma aranha armadeira enquanto brincava.

O pequeno sentiu forte dor no dedo picado, mas felizmente, após medicação, se recuperou bem. “No dia seguinte, encontramos outra aranha”, relata Ellen, reforçando a necessidade de atenção constante.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, com mais de 2 milhões de visualizações, Ellen alerta sobre o perigo das aranhas armadeiras, especialmente nesta época do ano, quando elas se escondem nas casas.

O educador ambiental Matheus Silva Mesquita, conhecido como ‘biomesquita’, comentou na postagem e explicou que a aranha armadeira é a mais peçonhenta do Brasil, Américas e do mundo. Seu veneno pode ser fatal para crianças e pessoas com problemas cardíacos.

Comportamento agressivo: Diferente de outras aranhas, a armadeira é mais propensa a picar, pois é extremamente defensiva. A picada causa dor intensa e requer atenção médica imediata.

Prevenção: É crucial manter casas limpas e livres de entulhos, onde as aranhas podem se esconder. Ao encontrar uma aranha armadeira, mantenha a calma e chame um profissional para removê-la com segurança.

Fique atento:

Aranhas armadeiras são comuns em áreas urbanas e rurais.

Elas se escondem em locais escuros e úmidos, como entulhos, caixas e atrás de móveis.

A picada causa dor intensa, inchaço e vermelhidão.

Em casos graves, o veneno pode levar à morte.

Prevenção:

– Mantenha a casa limpa e livre de entulhos.
– Use luvas ao manusear objetos em locais escuros e úmidos.
– Ensine as crianças sobre os perigos das aranhas armadeiras.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO BRASIL