Orquestra Sinfônica da UFPB realiza concerto no Dia Internacional da Mulher

O concerto da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba (OSUFPB) desta semana será em homenagem às mulheres. O evento, chamado “Mulheres em Canto”, acontece nesta sexta-feira, exatamente no 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, e contará com a participação especial de nove cantoras do Departamento de Música da UFPB, que interpretarão canções de compositoras brasileiras cujas obras trazem mensagens de afirmação das mulheres na sua permanente e cada vez mais urgente luta por direitos. O concerto acontece às 20h00, na Sala Radegundis Feitosa e a entrada é franca pela ordem de chegada.

Garanta sua vaga

A coordenação do Lamusi, que administra a Sala Radegundis Feitosa, recomenda que o público chegue com pelo menos meia hora de antecedência. Esclarece que, uma vez alcançada a lotação da sala, que é de trezentas pessoas, não será permitida a entrada de mais ninguém por questão de segurança.

As cantoras

O concerto terá a participação de jovens cantoras que cursam licenciatura em música na UFPB e fazem parte da classe de canto da professora Christiane Alves, que é do Departamento de Educação Musical (DEM) da UFPB. Os arranjos são do percussionista e também professor do Departamento de Música da UFPB Carlos dos Santos.

No palco, as cantoras Thawse, Débora Noemy, Luduvina Farias, Anna Carolina, Myartt Brito, Júlia Fábia Freitas, Clara Farias e Júlia Djnira entoarão canções que, além de divertirem o público, trazem reflexões sobre a condição histórica da mulher na sociedade brasileira desde sempre até os dias atuais. Grande maioria das cantoras participantes deste concerto estarão pela primeira vez se apresentando junto a uma orquestra sinfônica.

“Este concerto é uma oportunidade importantíssima para a construção da carreira dessas jovens cantoras, além do fato de que interpretarão canções emblemáticas que tratam da questão da liberdade da mulher, todas compostas por compositoras brasileiras, de Chiquinha Gonzaga a artistas da novíssima geração”, afirma a professora Christiane, que, além de orientar suas alunas, também participará do concerto interpretando uma canção da cantora e compositora mineira Ceumar.

O Repertório

No repertório, músicas de Chiquinha Gonzaga (1847-1935), uma artista que marcou sua época como uma das primeiras mulheres a se firmarem como compositoras no Brasil, deixando uma obra indelével que até hoje influencia novas artistas na sua luta por reconhecimento no cenário musical brasileiro. Mas o público também se deleitará com outras canções de jovens compositoras como Flaira Ferro, Juliana Linhares, Carol Panesi, Dinorá de Carvalho, Juliana Strassacapa e a amada cantora e compositora Rita Lee, que faleceu em maio do ano passado, mas cuja obra não pode ficar de fora de qualquer repertório que vise homenagear mulheres.

Concerto conceitual

A professora Christiane atenta para a necessidade da presença crescente de mulheres na cena musical paraibana e brasileira e com isso parabeniza a OSUFPB por proporcionar este momento em que suas alunas viverão uma situação de palco que, ao mesmo tempo, é estética e política.

“Bom saber que essas jovens cantoras exercitam o palco já vivendo uma importante discussão sobre a necessidade de ocupá-lo para expressar-se enquanto profissional. Algo que também está contido no discurso das canções que cantarão, feitas por mulheres que sempre empunharam essa bandeira da liberdade e de empoderamento social. E que bom que tudo isso acontece através de uma orquestra dentro de uma universidade”, afirma a professora. “E vamos lutar para que um dia não precisemos de um dia especial para que a mulher ocupe todos os palcos”, conclui.

MaisPB