Homem é preso por assassinar mulher após programa sexual

Um homem de 18 anos foi preso, nesta sexta-feira (8), suspeito de matar uma mulher no município de Sousa, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi morta após um programa sexual, no dia 25 de fevereiro.

Exames da perícia indicaram que a mulher sofreu vários cortes na região do rosto e constatou que ela sofreu violência sexual.

Segundo o delegado Tadeu Maia, a Polícia Civil realizou uma busca e apreensão na casa do suspeito, no âmbito da Operação Luminosidade, que tem por objetivo revelar autores de crimes contra mulheres e a utilização da substância luminol para revelar material orgânico que foi limpo da cena do crime.

Tadeu Maia afirma que o homem contratou os serviços da vítima e a levou para uma residência, onde a mulher foi “assassinada brutalmente”. A Polícia Civil encontrou no local os instrumentos utilizados no crime e uma peça íntima da vítima.

A perícia criminal disse à TV Paraíba que não encontrou na residência nenhum vestígio a olho nu, mas o luminol revelou manchas de material orgânico na casa, que foi encaminhado para análise.

A Polícia Civil afirmou que representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela justiça.

* Com G1Pb