Mulher vai fazer reversão de cirurgia bariátrica após pesar 36kg

Ana Paula Santana da Cunha, de 42 anos, estava vivendo o sonho da cirurgia bariátrica, quando emagreceu muito além do esperado, ficou com anemia severa e precisou fazer a reversão. A moradora de Rio Claro, São Paulo, perdeu 60 quilos em um ano e meio por complicações.  Ela passou a não reter os alimentos no estômago.

Ana Paula realizou a bariátrica em agosto de 2022, por indicações médicas. “Na época eu pesava 96 quilos e, por eu ter apenas 1,52m, era muito pra mim. Já estava tendo problemas no joelho e na pressão arterial. Realizei a operação pelo meu plano de saúde, que autorizou, e o médico me disse que tudo tinha dado certo. Após o período da dieta líquida, comecei a ingerir alimentos sólidos e meu organismo passou a não aceitar. Eu vomitava tudo o que comia”, comenta Ana Paula ao Jornal da Cidade.

Após as complicações, Ana teve anemia e passou a precisar de cuidados permanentes. Ela não conseguia se manter em pé sem ajuda, ficou com problemas na fala e não conseguia escrever.

Quando retornou ao médico, fez uma endoscopia e foi percebido que o estômago estava acumulando resíduos. “Eu sei que na sequência passei por mais três cirurgias e nada do problema ser resolvido, porém o médico me dizia que da parte dele estava tudo certo, me aconselhou até a procurar um psicólogo. Minha vida virou de ponta-cabeça. Fiquei desnutrida, perdendo peso, tive que me afastar do trabalho”, conta Ana Paula.

Ela então resolveu procurar outro médico, dessa vez em São José do Rio Preto, onde encontrou um profissional especialista em bariátrica. Ele disse que a solução seria fazer a reversão da bariátrica. Como o plano de saúde não cobriu o procedimento, ela conseguiu o dinheiro por meio de uma vaquinha. “Ele disse que a solução seria a reversão da bariátrica. Ele já pegou outros casos como o meu. Acontece que essa cirurgia custa R$ 27 mil, meu plano de saúde disse que não irá cobrir isso e, como eu preciso dessa cirurgia para ontem, criei esta campanha. Não fui recorrer ao SUS porque não posso mais esperar. Eu estou pesando 36 quilos e fico mais tempo internada do que fora do hospital”, comentou Ana ao jornal local. Ana vai fazer a cirurgia no hospital de São José do Rio Preto.