Operação investiga suspeito de armazenar arquivos de pornografia infantil na Paraíba

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (14), em Sousa, no Sertão da Paraíba, a Operação Incestuous Multiverse, para cumprir um mandado de busca e apreensão contra um investigado por armazenamento de fotos e vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. As investigações se iniciaram após informações recebidas pela Polícia Federal, apontando que os crimes estariam ocorrendo.

O investigado participava do grupo de aplicativo de mensagens que possuía cerca de 190 participantes, entre brasileiros e estrangeiros, tal grupo compartilhava imagens e vídeos de pornografia infantil.

Se os crimes forem confirmados, o investigado pode responder por estupro de vulnerável e produção e armazenamento de pornografia infantil. As penas somadas podem chegar a dez anos de prisão.