Lula faz reunião com ministros para debater preço dos alimentos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comandou uma reunião com ministros na tarde desta quinta-feira (14), para debater possíveis estratégias para a redução do preço dos alimentos.

Participaram da reunião os ministros Fernando Haddad (Fazenda), Carlos Fávaro (Agricultura), Rui Costa (Casa Civil), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto.

Segundo os dados do IPCA de fevereiro, os grupos de alimentos e bebidas foram os que mais apresentaram aumento dos preços. O IBGE também compartilhou os resultados da inflação geral do país, que soma 0,83% no mesmo mês.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou também que o preço dos alimentos consumidos em casa teve um aumento significativo de 1,12%.

Segundo o órgão, a alta foi impulsionado pelas temperaturas elevadas do começo do ano e a grande temporada de chuvas, que prejudicam drasticamente a safra dos produtos. Entre os itens mais impactados estão cebola, batata-inglesa, frutas, arroz e o leite longa-vida.

Os ministros também atribuíram a alta dos alimentos às questões climáticas e afirmaram que o governo federal espera uma retomada da normalidade nos próximos meses.

Além disso, existe a expectativa de o Plano Safra, que será lançado em junho, traga medidas para incentivar a produção de arroz, feijão, trigo, milho e mandioca.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, citou as altas temperaturas no Centro-Oeste e as enchentes no Sul como exemplo de questões climáticas que afetaram a produção de alimentos.

Também existe a expectativa de que quatro setores do agro – frutos, café, algodão e pecuária – se reúnam com o presidente Lula na semana que vem, para tratar dessa queda nos preços.

Paraiba.com.br